Par de satélites de Alemanha e EUA cairá na Terra até janeiro

Par de satélites de Alemanha e EUA cairá na Terra até janeiro
Por Leonardo Müller | @ls_muller
Em Ciência
30 out 2017 — 16h38
0
0 compartilhamentos

As agências espaciais dos EUA e da Alemanha vêm trabalhando juntas há 15 anos na missão GRACE (Gravity Recovery and Climate Experiment) para medir com precisão o campo gravitacional da Terra e obter outros dados climáticos acerca do nosso planeta. Contudo, essa missão composta por dois satélites está para chegar ao fim.

Drillpro 3pcs 1/4 Inch… Only Us$3.99…

R$13.34

Clique aqui

Dc12v 15000rpm Gear Mo… Only…

R$26.04

Clique aqui

Dc 12v 100rpm Worm Gea… Only…

R$28.01

Clique aqui

Electric Drill Cutting… Only Us$11.99…

R$40.08

Clique aqui

De acordo com os responsáveis pelo projeto, as baterias do satélite GRACE-2 estão exauridas e apresentando defeitos continuamente. O satélite ainda está ativo, mas sem energia suficiente para operar seus equipamentos científicos. Por isso, ele fará uma reentrada na atmosfera terrestre entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. O GRACE-1 ficará em órbita mais alguns meses para coletar dados de calibração e também será conduzido de volta à Terra no início de 2018.

É interessante notar que a expectativa de vida da missão era de apenas cinco anos, mas ambos os satélites permaneceram em órbita por mais de 15 anos sem apresentar falhas significativas. Só quando o GRACE-2 começou a ter problemas nas baterias é que a situação ficou complicada. Nesse período, pesquisadores puderam monitorar a quantidade de água presente em aquíferos, bem como a quantidade de gelo nos polos e regiões de altitude no planeta, entre outras avaliações climáticas.

A influência resultante do aumento do nível do mar só pôde ser prevista graças às medições da missão GRACE

“Além disso, a influência resultante do aumento do nível do mar só pôde ser prevista graças às medições da missão GRACE, o que contribui para um melhor entendimento do planeta Terra”, disse em comunicado oficial o Prof. Dr. Reinhard Hüttl, um dos responsáveis pelo projeto na Alemanha.

Em 2018, as agências espaciais dos países parceiros pretendem colocar em órbita dois novos satélites para substituir a dupla que está sendo aposentada. A nova missão se chamará “Grace Follow-On” e deve ser lançada no início de 2018 com os foguetes Falcon 9 da SpaceX.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here