PM cede policiais militares da reserva ao Poder Judiciário

Um convênio para a cessão de 40 policiais militares da reserva foi assinado pelo Governo do Estado, nesta quarta-feira (29), através de uma parceria entre a Polícia Militar e o Poder Judiciário Estadual. O efetivo será direcionado para atuar em fóruns e comarcas do interior do Estado.

A assinatura do convênio aconteceu no gabinete do governador Paulo Hartung, no Palácio Anchieta, e contou com presença do secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nylton Rodrigues R. Filho, do presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, Annibal de Rezende Lima, do secretário da Casa Civil, José Carlos da Fonseca, e de demais magistrados e autoridades.

Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nylton, o novo convênio vai permitir que policiais reforcem a renda familiar, mas também continuem contribuindo com a segurança e com a justiça capixaba. “Essa é uma parceria importante para os policiais que ainda reúnem condições de continuar atuando, atendendo os capixabas e nossos magistrados. E é importante para a corporação porque mostra que com diálogo e confiança podemos conquistar relações frutíferas com outras esferas”, destacou o comandante.

A folha salarial dos militares cedidos passa a ter um valor adicional, pago pelo Tribunal de Justiça. Outros 50 militares já atuam nesta função na Grande Vitória desde maio deste ano.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here