Câmara da Serra pede prisão preventiva e afastamento do cargo contra o vereador Cabo Porto (PSB)

O procurador-geral da Casa, Matheus Sobreira, foi baseado em denúncias contra Porto por porte ilegal de arma, abuso de poder e ameaças

A procuradoria da Câmara da Serra protocolou nesta segunda-feira (14), na 4ª Vara Criminal do município, uma notícia crime com pedido de prisão preventiva e afastamento do cargo contra o vereador Cabo Porto (PSB). O pedido, de acordo com o procurador-geral da Casa, Matheus Sobreira, foi baseado em denúncias contra Porto por porte ilegal de arma, abuso de poder e ameaças.

Outro ponto que motivou o pedido, segundo o procurador, foi a detenção do também vereador da Serra, Stefano Andrade (PHS), na última sexta-feira (11).

Durante a detenção de Stefano, após denúncia feita por Porto, foi identificado que o veículo em que foram apreendidos armas e dinheiro estava registrado no nome da procuradora de Justiça Karla Sandoval, mulher do vereador de Vila Velha Heliosandro Mattos.

Cabo Porto disse ter sido pego de surpresa com o pedido da procuradoria. “Fiquei sabendo por meio da imprensa. Estou surpreso”.

Apesar de Heliosandro afirmar que entraria com representação para abertura de inquérito contra Porto, a Associação Espírito-Santense do Ministério Público informou que está na fase de fundamentação do pedido e não há prazo para entrar com a ação.

 As informações foram tiradas do site Tribuna Online.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here