Guardas envolvidos em vendas de apreensões em Vila Velha são exonerados

A Prefeitura de Vila Velha exonerou os agentes da Guarda Municipal envolvidos no caso de venda de apreensões feitas após abordagens durante o conhecido “Baile do Mandela”, na região de Cobi, em Vila Velha. As exonerações foram publicadas no Diário Oficial desta sexta-feira (19).

Os envolvidos responderão ainda por peculato, por terem subtraído a arma; porte irregular de arma de fogo de uso restrito; prevaricação, tendo em vista que o suspeito abordado tinha um mandado de prisão em aberto contra ele e não foi efetivado o cumprimento do mandado, além dos crimes de porte e tráfico ilícito de drogas.

Entenda o caso

A polícia civil informou que recebeu denúncias sobre a venda de materiais apreendidos pelos guardas municipais. Porém, chegou aos quatro envolvidos após um caso de homicídio, ocorrido no dia 16 de setembro, no bairro Nova Rosa da Penha, em Cariacica.

Segundo a polícia, tudo começou quando a vítima saia com a namorada do “Baile do Mandela”, na região de Cobi, em Vila Velha, dias antes, e foi abordado pelos guardas municipais. Na ocasião, ele estava com uma arma de fogo calibre nove milímetros, que foi apreendida, mas não foi preso.

Após o ocorrido, a vítima foi até um homem, que seria seu superior no comando do tráfico de drogas, para informar que perdeu o revólver para os guardas municipais, e acabou assassinado por isso.

Durantes as investigações do homicídio, a polícia civil descobriu que os guardas municipais não registraram a apreensão da arma.
Segundo a polícia, todos os guardas atuavam em abordagens durante o domingo de manhã, porque o “Baile do Mandela” costuma acontecer no sábado à noite. A intenção deles eram justamente conseguir apreensões para, posteriormente, vender.

Os envolvidos apresentaram duas versões a polícia: uma de que não registravam a apreensão porque não tinham tempo; e outra porque a delegacia não registrava. Porém, a polícia já checou e descartou essa segunda versão.

Outros seis guardas municipais são investigados por envolvimento com o sumiço da arma. Com informações ES Hoje.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here