Guarda das filhas da médica Milena Gottardi é decidida na Justiça, no ES

Uma audiência, realizada nesta quinta-feira (8), decide o destino das filhas da médica Milena Gottardi, assassinada em setembro de 2017. A família da médica pede a guarda definitiva das crianças, de 4 e 10 anos. O pai das meninas e ex-marido de Milena, o policial civil Hilário Frasson, é acusado de ser um dos mandantes do crime.

A médica foi baleada na cabeça no estacionamento do Hospital das Clínicas, em Vitória, após sair do trabalho, e acabou morrendo no dia seguinte. Ela tratava crianças com câncer.

A médica foi baleada na cabeça no estacionamento do Hospital das Clínicas, em Vitória, após sair do trabalho, e acabou morrendo no dia seguinte. Ela tratava crianças com câncer.

Hilário chegou à audiência por volta das 14h e seguiu algemado para a sala de audiência.

A família da médica pede na Justiça a guarda definitiva das filhas do casal. Hoje, eles têm a guarda provisória, e as meninas moram moram com o irmão e a mãe de Milena.

A família também pede na Justiça a perda do poder familiar de Hilário. Assim, ele deixaria de ser reconhecido legalmente como pai das meninas.

O irmão de Milena foi o primeiro a ser ouvido na audiência. Seis testemunhas também seriam ouvidas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here