‘Calma, vai ser rápido’, disse Durão, preso por estupro, a adolescente

Ela afirmou, em depoimento à polícia, que não houve violência ou ameaça por parte do deputado. Mas que ficou com medo por ele ter ‘fama de matador’ em Linhares

adolescente de 17 anos que afirmou ter sido estuprada pelo deputado Luiz Durão, 71, contou em depoimento para a Polícia Civil que teve “medo da fama de matador dele na cidade”.

Ele foi preso na sexta-feira (4), após sair de um motel na Serra com a menor. De acordo com trechos do depoimento da adolescente, o deputado é amigo da família e frequenta a casa dela mensalmente. A mãe da menina que pediu a carona de Linhares para Vitória.

“Ele disse que iria buscar o motorista no Centro de Linhares, mas entrou na BR, sentido Vitória”, diz um dos trechos. A adolescente contou também que ele colocou a mão na perna dela e que “não sabia o que fazer, nunca tinha passado por isso”.

Durante o percurso, a vítima entrou em contato com uma amiga por mensagem e informou o que estava acontecendo. Foi essa amiga que chamou a polícia para ir até o motel.

“Quando eu levantei a cabeça, ele já estava na portaria do motel e eu achei que iriam pedir a minha identidade e verificariam que eu era menor, que não daria certo”, diz outro trecho do depoimento da adolescente.

Ela acredita que a amiga avisou a mãe dela sobre o que estava acontecendo e, como não atendeu por medo, a mãe ligou para o deputado. “Ele falou para mim que disse para ela que a gente estava em Jacaraípe (na Serra), que estava com trânsito”, afirmou.

A vítima também disse que o deputado falou para ela desligar e guardar o celular. “Eu não pensei em não fazer o que ele queria por medo de acontecer alguma coisa pior”, contou para a polícia.

Em depoimento, Durão disse que “estava com problema de intestino e eu vim aguentando. Passando ali perto do motel, perguntei a ela se eu podia entrar só para ir ao banheiro porque ali não tem nenhum posto, nenhum banheiro público, e ela me disse que sem problemas”. Ele nega a acusação de estupro.

Fonte: Polícia Civil ES

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here