Suspeito de assalto é agredido e amarrado de cabeça para baixo em Cariacica

Ele estava armado com uma faca e feriu uma das moradoras. Depois de ser agredido, criminoso foi socorrido e está internado sob escolta policial.

Um suspeito de 19 anos foi espancado por moradores e amarrado de cabeça para baixo a uma árvore após invadir uma casa, no bairro Tabajara, em Cariacica, nesta quarta-feira (13). Diego Jhony Martins pretendia assaltar a família que morava no local e, ao ser pego, feriu uma moradora com uma faca. Ele está internado sob escolta policial.

De acordo com as vítimas, o suspeito invadiu o sítio em que eles moram nesta madrugada. O terreno tem cinco moradias da mesma família, onde moram os pais e os cinco filhos.

Por volta das 3h30, uma das filhas ouviu o cachorro latindo e viu o suspeito entrando na casa dos pais. Ela pediu ajuda a um irmão e, ao descer as escadas em direção à casa, foi surpreendida pelo assaltante.

A mulher levou uma facada no braço quando tentava proteger o filho de 16 anos. “Ele já saiu da casa da minha mãe com a faca para cima do meu filho. Quando ele tentou dar a primeira facada, eu empurrei ele e a gente desceu rolando as escadas. O meu filho não foi atingido”, disse.

Mulher ficou ferida no braço ao tentar proteger o filho — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Mulher ficou ferida no braço ao tentar proteger o filho — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Depois que os irmãos conseguiram segurar o criminoso, vários vizinhos apareceram. Eles agrediram o suspeito e o penduraram na árvore. “Todo mundo conhece a gente há muito tempo. Naquela gritaria toda, os vizinhos desceram correndo achando que era meu pai passando mal“, explicou a moradora.

O suspeito só foi socorrido quando a polícia chegou. Ele está internado e depois vai ser encaminhado para a Delegacia Regional de Cariacica, segundo a polícia.

FONTE:PORTAL GUANDU
Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.