Vereador pede explicações ao prefeito Felismino sobre o sumiço dos 32 aparelhos de ar condicionado da saúde. em Rio Bananal

O prefeito Felismino do PSB, deveria vir aqui na tribuna explicar o que aconteceu com os aparelhos de ar-condicionado que sumiram da saúde, disse o vereador Assis Camp na última reunião da câmara de vereadores de Rio Bananal.

Arquivo do facebook.

Na época Paulo Vaneli, era secretário, e aproximadamente 32 aparelhos de ares-condicionados foram extraviados de um depósito que pertence à Prefeitura de Rio Bananal. Até hoje ninguém foi responsabilizado, diz o vereador.

Os bens patrimoniais eram destinados à Secretaria Municipal de Saúde e foram adquiridos, em 2016, por meio de um convênio firmado com o Governo Federal. O lote com 60 aparelhos atenderia as demandas das Unidades de Saúde, hospital e da própria pasta.

Na última segunda, o vereador Francisco de Assis Campi (MDB) usou o plenário da Câmara Municipal para solicitar ao prefeito Felismino PSB, um esclarecimento do sumiço dos aparelhos.

Falha de segurança

À boca miúda, fala-se que os aparelhos foram furtados por pessoas ligadas à Administração Municipal e que até alguns ares-condicionados teriam sido instalados em residências localizadas no balneário de Urussuquara, em São Mateus, visto que a temporada de calor está por vir; além de imóveis residenciais localizados no município de Rio Bananal.

Já se passaram quatro meses e a prefeitura não soltou nota, não convocou a imprensa como se nada tivesse acontecido. Com a palavra o Delegado André Jareta e o ministério Público.

Veja a íntegra a fala do vereador

Reafirmo o nosso dever como vereador de Rio Bananal, de fiscalizar e cobrar. O ribanense que paga seus impostos exige e merece que o dinheiro público seja gasto com respeito e responsabilidade.

Por jornalista Juventino de Almeida. MTBES-3899

 

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here