“A vida continua”, matou a facadas em Anchieta, foi preso, saiu e gravou vídeo confessando o crime

“Aqui é um guerreiro nato, vagabundo entra em casa e tenta me matar, aí ele vai para o inferno”, diz trecho do vídeo do assassino


Um homem que se autodenomina “Guerreiro Nato” confessa em vídeo que matou o guardador de carros Graciano Carvalho, na madrugada desta terça-feira, 02, em frente ao Parque dos Papagaios, no bairro Nova Jerusalém em Anchieta e a vida continua.

“Zezim Camaradinha” afirma que “se vagabundo tenta entrar em casa e tenta matar ele vai para o inferno e não eu. Eu estava preso, mas já estou solto, sou eu mesmo, Zezinho Camaradinha. Estou aqui pronto para novamente pintar o sapato… que a vida é assim mesmo…”, confira o vídeo na integra.

Legítima defesa

A Reportagem entrou em contato com a delegada de Anchieta, Dra. Maria da Glória Pessot para entender porque o “Zezim Camaradinha” foi preso e solto dentro do prazo do flagrante delito. E questionou sobre o vídeo que ele publicou nas redes assumindo a autoria do crime.

A delegada informou que o autor do assassinato do morador de rua em Anchieta surpreendeu a todos na delegacia na manhã desta-terça, 02, antes mesmo que tivessem qualquer informação sobre suspeitos do crime. Ele compareceu à Delegacia, se entregou com a faca que usou para matar Graciano e confessou tudo, com riqueza de detalhes.

Contou que a vítima foi à casa dele um pouco antes do assassinato procurar a atual companheira que teria recentemente feito um programa sexual com “Zezim Camaradinha”.

Ao chegar à casa do criminoso a porta foi aberta para que ele entrasse e procurasse a mulher. Graciano fez uma vasculha no ambiente e não a encontrou, indo embora em seguida.

Entretanto, depois retornou à casa, invadindo-a. Neste momento, “Zezim Camaradinha” o avistou. Descontrolado, o morador de rua teria visto uma faca em uma sacola, a pegou e partiu para cima do dono da casa, que, tomou dele e o matou.

O crime chocou a comunidade de Jerusalém pela violência praticada contra a vítima. Foram pelo menos três facadas.

Diante da confissão, da entrega da arma ele foi posto em liberdade. Porém, com veiculação do vídeo, a delegada disse que vai tomar as medidas cabíveis.

Em Anchieta este ano já ocorreram quatro homicídios, dois com autoria confirmada, o cometido contra o enfermeiro, está em vias de concluir o inquérito. A delegada já pistas para pedir a prisão do mandante.

Homem assassinado foi guardador de carro em Guarapari

O homem assassinado a facadas nesta madrugada em Anchieta, identificado como Graciano Carvalho era guardador de carros no Radium Hotel, Centro de Guarapari. Ele ficou conhecido na cidade por um fato inusitado.

Graciano foi filmado entrando em um carro no estacionamento, a pessoa que filmou divulgou nas redes como se ele estivesse furtando o veículo, quando na verdade era dele, uma herança de família, o caso repercutiu em toda a cidade como um ato de discriminação.

O guardador tinha problemas com drogas e ultimamente está praticando muitos assaltos em Anchieta, onde foi morto. O suspeito do crime já está preso na cidade do santo, a polícia agiu rápido e prendeu o acusado.

Perambulando pelas ruas

Um seguidor do jornal entrou em contato com a redação e informou que Graciano e a mulher vieram de Guarapari para Anchieta, eram moradores de Condados em Meape, por conta da dependência química andavam pelas ruas pedindo. “Ficavam sempre em Guarapari, mas deve ter acontecido algo lá que eles vieram para Anchieta e não voltaram mais. A mulher dele uma baixinha magrinha ficava em frente aos Comércios pedindo e vendendo bala. Rodavam a noite toda pela cidade procurando algo pra vender e comprar drogas. Vi eles pela última vez no domingo vendendo sucata no ferro velho, acompanhados de um rapaz em um Peugeot preto. Venderam e saíram logo para comprar drogas”, relatou o seguido do jornal de Anchieta.

Fonte: Portal Maratimba

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here