Após furtos em série, menor é espancado por populares em Colatina

O acusado já foi internado no Iases seis vezes, de acordo com a avó. A família informou ainda que ele é usuário de drogas desde os oito anos

Fachada da 15ª Delegacia Regional em Colatina
Fachada da 15ª Delegacia Regional em Colatina / Foto: Brunela Alves

Um adolescente de 16 anos foi espancado por populares após cometer furtos em Colatina, região Noroeste do Estado, nesta terça-feira (19). Ele é acusado de invadir casas e pegar objetos de valor, além de comida e outros pertences. Segundo a avó do menino, ele é usuário de drogas desde os oito anos e já esteve detido no Iases seis vezes.

A Polícia Militar encontrou o adolescente com as mãos amarradas no bairro Vicente Soella III, mas conseguiu impedir que ele fosse linchado pelos moradores. Ele é acusado de praticar crimes em residências e também no comércio da região. Segundo a família, ele também já furtou objetos de dentro de casa para pagar dívidas de drogas.

A avó do adolescente, de 52 anos, contou que ele estava fora de casa havia um mês. “Eu pelejo com esse menino desde os oito anos de idade, quando ele começou a usar drogas. O menino já foi internado seis vezes, mas sai e volta a fazer isso. Já tentei todo o tipo de ajuda e não sei mais o que fazer. Eu vivo orando. Ele só não está morto por conta de Deus mesmo, porque já apanhou muito e também foi jurado de morte outras vezes”, disse.

Ainda de acordo com a avó, a família já teve que se mudar por sentir vergonha de ter a polícia na porta de casa com frequência atrás do adolescente. “Na última vez que ele estava em casa, pegou meu celular, passe de ônibus e até meus óculos de grau. Meu filho já ficou sem roupas para sair porque ele pegou tudo uma vez. Não temos sossego. Já mudei até de casa por vergonha de ver a polícia indo bater na minha porta procurando por ele”, disse.

De acordo com a polícia, o acusado confessou que deve dinheiro a traficantes e que por esse motivo estaria cometendo os crimes.

OVOS, LASANHA E PÃO DE QUEIJO

As pessoas que foram vítimas da ação do acusado contam que, além de pegar objetos de valor, ele fazia comida nas casas durante os furtos. “Ele levou meu home theater, edredom, várias roupas, creme dental, escova de dente e deixou tudo revirado. Além disso, fritou linguiça, esquentou comida, usou o banheiro sem dar descarga e também pegou 28 ovos, uma lasanha e pão de queijo. Populares o encontraram nesta terça-feira (19) após tentar furtar uma casa e começaram a espancá-lo”, disse uma atendente de telemarketing de 30 anos, que teve a casa invadida no domingo (17).

Na manhã desta terça-feira (19), ele arrombou a casa de uma doméstica, vizinha da vítima anterior. “Ele quebrou uma janela e furtou um carregador, um tênis, uma camisa e uma calça do meu marido, que inclusive, ele está vestido. Além disso, tomou refrigerante e comeu pão”, contou.

A atendente de uma sorveteria, de 22 anos, disse que na noite de segunda-feira (18) o adolescente furtou o celular dela após se passar por cliente. “Ele pediu um milk shake. Quando fui na cozinha, ele pegou meu celular que estava na parte de dentro da bancada e foi embora. Comprei até outro celular porque não esperava recuperá-lo”, disse.

O menor infrator foi levado para a 15ª Delegacia Regional de Colatina. Ele irá responder por ato infracional análogo ao crime de furto qualificado. A justiça decretou a internação provisória do menor pelo prazo de 45 dias.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here