Cafeicultores protestam na BR-101 nesta sexta por preço e renegociação de dívidas

Produtores rurais organizam uma manifestação para esta sexta-feira (24), no trevo da BR-101, em Água Limpa, Jaguaré, com horário previsto para as 8h da manhã. Um dos líderes do movimento, David Domingos Bastos relata que o objetivo do protesto é buscar “preço mínimo justo da saca do café, renegociação de dívidas dos cafeicultores e que o Brasil crie uma organização junto com Vietnã e Colômbia para que possa influenciar preços melhores no mercado.

De acordo com David, a manifestação é realizada pelo Grupo Agricultores Independentes, com apoio dos sindicatos patronal e do trabalhador. Conforme disse, estão confirmados produtores de Jaguaré e de São Mateus. “A expectativa é reunir 2 mil pessoas”. O mesmo grupo realizou uma manifestação no dia 12 de agosto de 2019.

David detalha que o objetivo não é interromper o tráfego, mas deixar o trânsito da BR-101 mais lento, para que os produtores possam expor aos usuários da via o motivo da manifestação. Os produtores levarão tratores e outros maquinários utilizados na lavoura para o local da manifestação.

Ele não disse o valor, mas frisa que os cafeicultores querem um preço mínimo do café que possa dar sustentabilidade à produção.

Segundo David, os produtores ainda buscam com os bancos as renegociações de dívidas. Além disso, ele entende que a cafeicultura brasileira poderia evoluir com a criação de uma organização que envolva os maiores países produtores: Brasil, Vietnã e Colômbia. Os produtores pretendem ficar até o fim da tarde na BR-101 e entregar as demandas para a Bancada Federal Capixaba.

Fonte: TC

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here