Câmara aprova projeto que tipifica o crime de “estelionato sentimental”

Projeto precisa ser analisado no Senado  | Roque de Sá/Agência Senado

O Senado precisa analisar o projeto de lei que tipifica o crime de “estelionato sentimental”. De acordo com o texto aprovado pela Câmara, as penas serão ampliadas caso a vítima seja idosa ou vulnerável. A proposta recebeu aval dos deputados na 5ª feira (4.ago).

O projeto aumenta a pena para estelionato e tipifica o “sentimental”. Com isso, os estelionatários poderão ser punidos com prisão de dois a seis anos, além de multa, incluindo quem “induzir a vítima a entregar bens e valores com a promessa de iniciar uma relação afetiva”. Caso a vítima seja idosa ou vulnerável, a pena será triplicada.

Atualmente, o estelionato sentimental não é tipificado e a punição para estelionatários é de um a cinco anos de reclusão.

O delegado Thiago Hexsel, da Delegacia da Mulher do Distrito Federal, alerta que os criminosos fazem um mapeamento das vítimas. “Cuidado quando começarem a conversar com alguém pela internet, não conhecer pessoalmente e essa pessoa começar a pedir ajuda financeira, pedir para a vítima fazer depósito”, destaca.

Apesar do constrangimento que esse tipo de crime causa, o delegado destaca a importância de fazer o registro na delegacia. Se possível, a vítima também deve levar comprovantes bancários que mostram as transferências ou fotos das conversas com o suspeito para auxiliar a polícia a apurar o caso.

Fonte: SBT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here