Cheia do Rio Doce: 171 pessoas estão fora de casa em Colatina e Linhares

A situação dos moradores de regiões ribeirinhas de Colatina e Linhares ainda é preocupante. Segundo a Defesa Civil do Estado, 171 pessoas estão fora de suas casas por conta da cheia do Rio Doce, sendo 117 desalojadas nos dois municípios e 54 desabrigadas em Linhares.

As duas cidades estão classificadas em risco de alagamentos “muito alto”. Apesar da tendência do nível do rio diminuir ao longo dos próximos dias, ainda há pessoas que estão fora de casa nos dois municípios capixabas.

Em Colatina, no Noroeste do Estado, o Rio Doce atingiu 7,4 metros na tarde desta quinta-feira (13). O nível ainda está acima da cota de inundação. Já em Linhares, o nível do rio continua a mais de dois metros da cota de inundação, marcando 5,77 metros.

De acordo com o último boletim divulgado pela Defesa Civil do Espírito Santo, 97 pessoas estão desalojadas em Colatina e 20 em Linhares, onde também há 54 pessoas desabrigadas. As pessoas desabrigadas estão sendo acolhidas em dois abrigos da cidade.

Durante a tarde desta quinta-feira, famílias ribeirinhas de Linhares que estavam ilhadas precisaram ser resgatadas de helicóptero. Ao todo, 31 pessoas foram retiradas da comunidade de Jataipeba e da região da Fazenda Santo Antônio. Entre os resgatados há três grávidas e 13 crianças.

Em caso de emergência, a população de Colatina deve entrar em contato pelo número (27) 99883-0305. Já em Linhares, a orientação é que a população acione a Defesa Civil pelo telefone (27) 99983 5661. Os chamados também podem ser feitos pelo 153, da Guarda Civil Municipal, e em casos extremos de urgência no 193, do Corpo de Bombeiro.

Fonte: Folha Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here