Criança é castigada com jejum e morre de fome

Uma menina de 11 anos morreu de fome após ser castigada repetidas vezes pela mãe e pelo padastro com jejum. De acordo com informações da Polícia Civil (PC) de Ubatuba, litoral de São Paulo, a criança era mantida em cárcere privado há cinco meses e forçada a jejuar como “castigo” por condutas que eles reprovavam.

Os dois suspeitos levaram a menina a um pronto-socorro na última quinta-feira e, pelo sinal grave de desnutrição, a polícia foi acionada pelos médicos. Os policiais acreditam que ela já teria chegado ao hospital já sem vida, depois de  dias sem comer – os pais a mantinham presa em um cômodo da casa e só ofereciam água.

 (Quarto onde a menina era mantida de castigo - Foto: Divulgação/Polícia Civil SP)

(Quarto onde a menina era mantida de castigo – Foto: Divulgação/Polícia Civil SP)

De acordo com a polícia, durante os cinco meses anteriores à morte, ela só teria sido autorizada a sair para a rua em duas ocasiões. Os policiais também disseram que ela pediu comida à mãe antes de morrer e alegou estar muito fraca, mas o pedido foi negado.

O irmão dela, de 8 anos, também sofreria abusos e foi encaminhado a um abrigo, sob responsabilidade do Conselho Tutelar. Mãe e o padastro foram presos e devem responder pelos crimes de tortura com morte, cárcere privado e abandono intelectual.

Fonte: Tribuna
Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here