Crivella diz ter “certeza” de que houve compra de votos no Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), disse em entrevista ter certeza de que houve compra de votos durante o 1° turno das eleições municipais do Rio. Em uma conversa com a jornalista Rachel Sheherazade, do site Metrópoles, o gestor afirmou que diversas empresas querem a volta de Eduardo Paes para a Prefeitura local.

– Boca de urna é uma montoeira de dinheiro que se coloca na rua para comprar o voto. Tem, no cenário político, um tempo melhor para comprar votos do que este, de pandemia? As pessoas estão sem um tostão – afirmou.

Crivella ainda citou diversas ações tomadas por ele durante sua gestão que teriam motivado uma oposição por parte de grandes empresas pela sua administração e uma proximidade maior ao concorrente Eduardo Paes, como a retirada de R$ 150 milhões de verbas públicas municipais para o Grupo Globo.

– Eu acabei com o pedágio da Linha Amarela, era R$ 1 milhão por dia, você acha que esses empresários não ajudaram o Eduardo Paes? Eu tirei R$ 150 milhões da Globo, o Eduardo deu 150 milhões para a Globo e eu não dei – declarou.

Fonte: Pleno News

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here