Delegado da PC de Piúma e dois soldados da PM são detidos com drogas em Vila Velha

Um delegado e dois soldados foram encaminhados à delegacia para prestar esclarecimentos sobre uma droga encontrada com eles. Um morador ligou para a polícia, alegando que uma casa estava sendo invadida no bairro Morada do Sol, em Vila Velha. Quando a PM chegou ao local, encontrou os soldados e o delegado, que já teve processo arquivado na corregedoria da Polícia Civil.

O delegado David Santana Gomes chegou ao DPJ de Vila Velha por volta das 20 horas de quarta-feira (27). Entrou na delegacia, retornou para o pátio e foi até um carro, de onde tirou, do porta malas, um saco preto com algo dentro. Ele entregou o material para um policial civil e entrou novamente no DPJ. Ele ainda segurava uma arma. Minutos antes, um comboio de viaturas das Polícias Militar e Civil chegou na delegacia.

O portão do local foi fechado, impedindo a presença da imprensa no pátio. Uma situação bem diferente, já que equipes sempre gravam na área externa da delegacia. No entanto, mesmo da calçada, a equipe da TV Vitória / Record TV conseguiu registrar a movimentação. A polícia fez uma varredura no carro branco que seria do delegado David Gomes, onde encontraram uma mala e, dentro dela, uma pistola. Um colete a prova de balas e munição também foram localizados.

No interior do veículo, os policiais acharam mais uma arma. Informações são de que a polícia foi acionada por um morador do bairro Morada do Sol, de que uma casa estava sendo arrombada. Quando a Polícia Militar chegou ao local, encontrou o delegado e dois soldados que estariam afastados do serviço por dispensa médica.

O trio alegou que estava atrás de um traficante. Por meio de nota a Secretária de Segurança Pública confirmou que o delegado e os militares foram encontrados nessa residência e que com eles estava uma sacola com drogas. Depois de mais de uma hora, o delegado saiu da delegacia.

Por volta das 21h30, o delegado, acompanhado de uma mulher, em um carro descaracterizado da polícia. O portão foi aberto. Sentado no banco do carona, eles saíram com com os vidros do veículo fechados.

O delegado David Gomes, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) atua na delegacia de Piúma, no Sul do Espírito Santo. Ele já teve um processo arquivado na corregedoria da Polícia Civil.

A reportagem procurou a Polícia Militar e a Polícia Civil para saber se a corregedoria vai apurar o caso. A PM disse que irá se pronunciar sobre o caso somente após a ocorrência ser concluída. A PC informou apenas que a ocorrência está em andamento e que a corregedoria está monitorando o caso.

Informações: Folha Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here