Detalhes sobre sobreviventes e vítimas do acidente em Viana

O motorista de um caminhão: que teria reduzido a velocidade bruscamente ao se deparar com uma blitz da PRF pode ter provocado o acidente que matou pelo menos três pessoas na BR-101, em Viana.

O Corpo de Bombeiros confirmou que sete veículos se envolveram na batida. Segundo testemunhas, o engavetamento teria acontecido porque o caminhão reduziu a velocidade antes da fiscalização da PRF e um carro de passeio bateu na traseira dele.

O terceiro veículo a bater foi outro caminhão, que teria passado por cima do carro. Após o caminhão, mais quatro carros que vinham atrás bateram. Os veículos pegaram fogo e as chamas se alastraram atingindo a vegetação às margens da rodovia.

Um policial militar está entre os feridos: De acordo com testemunhas, ele saiu em chamas do veículo gritando por socorro e dizia que “não sabia onde estava”. Segundo Willian Fiorentino, proprietário de um restaurante na região do acidente, o policial saiu do carro transtornado por conta de uma forte pancada na cabeça e sequer lembrava do que fazia no local.

Arma de PM disparou após acidente seguido de incêndio na BR-101, em Viana

Por causa do fogo, a arma do policial teria disparado pelo menos quatro vezes. “Ele não sabia onde estava, quem era… Apenas dizia minha arma (que estava no carro) vai disparar. E realmente ela disparou”, contou Willian. O policial foi socorrido por uma equipe do Samu.

 

Sete veículos se envolveram no acidente: Segundo o Corpo de Bombeiros, entre eles dois caminhões e cinco  carros. Todos pegaram fogo. O número total de feridos ainda não foi informado.

Vítimas Fatais

Pelo menos três pessoas morreram no grave acidente que aconteceu no final da manhã desta quarta-feira (11) na BR-101, em Viana.

De acordo com informações colhidas no local, duas das vítimas fatais ficaram presas às ferragens e morreram carbonizadas. A terceira vítima, seria uma professora, que morreu durante o socorro.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here