Dono de canil é detido em Vila Velha por maus tratos

Os animais, da raça dogue de Bordeaux, estavam em visível estado de desnutrição e foram resgatados na hora

A CPI dos Maus-Tratos contra os Animais foi a um canil no Centro de Vila Velha averiguar denúncia envolvendo cachorros da raça dogue de Bordeaux. Em flagrante, foram encontradas quatro fêmeas com cerca de oito meses de idade trancadas em um local insalubre, sujo, com focos de dengue, sem água e sem comida.

De acordo com a deputada Janete de Sá (PMN), estavam claros os sinais de negligência. “Os cachorros estão só pele e osso. Aparentemente foram deixados ali naquele espaço para morrer. Nós vamos resgatá-los e as investigações vão continuar”, explicou.

Assim que viu a situação dos animais, o titular da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente deu voz de prisão ao tutor dos animais. “Ele vai nos acompanhar até a delegacia e daremos continuidade ao procedimento”, ressaltou o delegado Eduardo Passamani Galvão, que não pôde dar mais detalhes.

O presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-ES), Marcus Campos Braun, apontou características que confirmam os maus-tratos. “Os animais estão apáticos, sem muitas reações e desnutridos, tão magros, que podemos até ver os ossos deles por cima da pele”, afirmou. Os animais foram resgatados na hora e, segundo o veterinário, eles serão examinados e cuidados para depois irem para um abrigo e serem doados.

O CRMV-ES autuou e notificou o dono do canil – que tem 30 dias para apresentar documentação regularizada. Ele não quis gravar entrevista, mas afirmou que recebeu os quatro cachorros há cerca de um mês e meio de uma pessoa que não tinha condições de cuidar dos animais – e que ele ainda não teve tempo de tratar deles. Ao todo, o canil possui 14 animais, sendo os outros dez da raça american bully. Segundo o tutor, ele não os comercializa.

Além da CPI, do delegado e do CRMV-ES, a Sociedade Protetora dos Animais (Sopaes) também acompanhou a visita.

Fonte: WebAles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here