Em primeira assembleia, rodoviários aprovam greve a partir desta terça

Rodoviários recusaram o reajuste de 2% proposto durante mediação no TRT-ES. Haverá uma nova assembleia na tarde desta segunda com os demais trabalhadores da categoria

Rodoviários rejeitaram proposta de 2% de reajuste e votaram pela paralisação a partir desta terça
Rodoviários rejeitaram proposta de 2% de reajuste e votaram pela paralisação a partir desta terça / Foto: Caíque Verli | CBN

Na primeira assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (18),  os rodoviários aprovaram, por unanimidade, a greve da categoria a partir desta terça (19). A reunião foi realizada no Clube Náutico Brasil, em Vitória. Está previsto outro encontro com o restante da categoria na parte da tarde, no mesmo local, para a segunda votação com os trabalhadores.

Os rodoviários recusaram o reajuste de 2% proposto pela desembargadora Ana Paula Tauceda Branco em uma reunião de mediação na última sexta-feira (15),  no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES).

Com informações de Caíque Verli

EDITAL DE GREVE

Também na última sexta, o Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo (Sindirodoviários) publicou um edital de greve, no Jornal A GAZETA, comunicando a paralisação das atividades da categoria à 0h01 destaterça-feira (19). O comunicado aconteceu em meio à rodada de negociações entre os trabalhadores e empresas de ônibus da Grande Vitória.

Em nota, o GVBus e o Setpes informaram que receberam com surpresa o edital de greve publicado pelo Sindirodoviários, uma vez que já estava marcada uma reunião de mediação com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES), solicitada, inclusive, por ambas as partes (empresas e trabalhadores).

Assim que tomaram conhecimento do edital, as duas entidades acionaram seu corpo jurídico para analisar quais medidas judiciais serão tomadas, com o objetivo de minimizar ao máximo os impactos de uma paralisação, e resguardar o direito de ir e vir da população da Região Metropolitana, em especial neste momento, em que comércio e cidadãos se preparam para a festas de final de ano. As empresas irão se reunir em assembleia na próxima segunda-feira (18), para discutir a proposição da desembargadora Ana Paula Tauceda Branco, feita na reunião de mediação realizada nesta sexta-feira.

A Ceturb-GV, que gerencia o transporte público na Grande Vitória, informou que, caso a greve seja deflagrada, a empresa vai aguardar a justiça determinar o percentual mínimo de frota, para que se possa adotar um plano especial de operações.

O edital convocando a greve foi publicado antes da Assembleia Geral Extraordinária convocada pelo Sindirodoviários, nesta segunda-feira (18), pela manhã e à tarde, no Clube Náutico Brasil.

No edital (veja abaixo), consta que a greve prevista para a próxima terça foi deliberada em assembleia realizada no dia 21 de setembro deste ano. Durante a paralisação, destaca o informe, será mantida a circulação de 30% (trinta por cento) da frota dos ônibus que operam no sistema e os serviços indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis dos usuários, bem como serão respeitados os direitos e garantidas fundamentais da coletividade.

O QUE QUEREM OS RODOVIÁRIOS

Os trabalhadores pedem 5% de aumento real e outros benefícios, como reajuste do vale-refeição e a gratuidade do plano de saúde. Já as empresas, segundo o Sindirodoviários, se negaram a oferecer qualquer reajuste.

As empresas citam a crise econômica e a consequente queda no número de passageiros como barreiras que dificultam atender as reivindicações da categoria.

VEJA ABAIXO O EDITAL DE GREVE

O Presidente do SINDIRODOVIÁRIOS – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Espírito Santo com base na Lei n° 7.783 de 29.06.1989 e, considerando a posição intransigente e recalcitrante da classe patronal que resultou na frustração das negociações coletivas com vistas à formalização de instrumento normativo de trabalho para vigorar no período de 01.11.2017 a 31.10.2018,que após várias tentativas por parte do sindirodoviários em firmar convenção coletiva, a parte patronal continua intransigente, não restando outra alternativa, o sindirodoviários, comunica a população em geral, especialmente aos USUÀRIOS DO SISTEMA DE TRANSPORTES PUBLICO COLETIVO DE PASSAGEIROS DA GRANDE VITÓRIA E DO SISTEMA RODOVIÁRIO MUNICIPAL E INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS que os trabalhadores deliberaram DECRETAR GREVE com paralisação parcial do sistema a partir 00h01min (zero hora e um minuto), do dia 19.12.2017 conforme deliberado na ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA do dia 21.09.2017. Durante a paralisação será mantida a circulação de 30% (trinta por cento) da frota dos ônibus que operam no sistema e os serviços indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis dos usuários, bem como serão respeitados os direitos e garantidas fundamentais da coletividade.

Vitória/ES, 15 de dezembro de 2017

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here