EM SERMÃO, LÍDER SUPREMO DO IRÃ AMEAÇA EUA E CHAMA TRUMP DE “PALHAÇO”

Em uma rara aparição pública, o líder supremo do Irã conduziu as orações desta sexta-feira (17), considerada uma das mais importantes do Islamismo.

Durante o sermão, o Aiatolá Ali Khamenei chamou o presidente Donald Trump de “palhaço” e ameaçou os Estados Unidos, afirmando que se houver novos ataques contra o Irã, os norte-americanos serão atingidos em uma proporção dez vezes maior. A multidão respondeu com gritos de “Morte à América”.

O líder supremo ainda afirmou que os manifestantes iranianos, que ocupam há dias as ruas do país, são fantoches do governo dos EUA.

Alemanha, França e Reino Unido também foram alvos de ataques do discurso do Aiatolá. Os países europeus recentemente ameaçaram o Irã com sanções caso o país não pare de enriquecer urânio acima dos limites estabelecidos pelo acordo nuclear, assinado pelas nações em 2015. Ali Khamenei declarou à multidão que os europeus são servos dos assassinos do general iraniano Qasem Soleimani.

Em resposta à morte do militar, o governo iraniano atacou, há dez dias, duas bases aéreas norte-americanas no Iraque. Nesta sexta-feira, pela primeira vez, as Forças Armadas dos Estados Unidos admitiram que onze soldados ficaram feridos no ataque. Segundo as autoridades, os militares sofreram lesões na cabeça e estão afastados do serviço.

A declaração das Forças Armadas contraria um pronunciamento de Donald Trump. No dia seguinte ao bombardeio, o presidente dos EUA disse que nenhum americano ficou ferido e que os Estados Unidos estão preparados para qualquer coisa.

Fonte: SBT
Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here