Enfermeira que foi espacanda em Nova Venécia, recebe alta

A enfermeira Géssica de Sá Soto, de 25 anos, recebeu alta hospitalar na última quinta-feira (19). Ela estava no hospital depois de ter sido espancada por três homens em uma festa no dia 15 de outubro, em Nova Venécia, Noroeste do Espírito Santo.

Segundo a irmã de Géssica, ela ainda sente muitas dores e tem dificuldades para se alimentar. Nesta sexta-feira (20), ela deve voltar ao hospital para fazer mais exames. O médico informou para a família que a jovem só poderá ser operada depois que o rosto desinchar.

Entenda o caso

Géssica foi espancada por três homens durante uma confraternização de um time de futebol de Nova Venécia. Ela teria tentado separar a briga de uma amiga com uma outra mulher, namorada de um dos agressores, e foi espancada no momento em que saía da festa. Na última terça-feira (17), a polícia prendeu dois suspeitos do crime: Allender Dona Paixão, de 29 anos, e Braz Veloso Pianissoli, de 24 anos.

Os dois foram autuados por tentativa de homicídio. Eles foram encaminhados para o Presídio de São Mateus. O terceiro suspeito de envolvimento no crime prestou depoimento e foi liberado.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here