ES anuncia investimento de U$ 70 milhões em segurança pública

O aporte é um empréstimo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que disponibilizou U$ 56 milhões e o restante será complementado com recursos do Caixa do Tesouro

O Governo do Estado anunciou que vai investir nos próximos anos U$ 70 milhões, cerca de R$ 220 milhões, nas áreas de policiamento, prevenção e programas socioeducativos. O aporte é um empréstimo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que disponibilizou U$ 56 milhões e o restante será complementado com recursos do Caixa do Tesouro.

Os recursos vão financiar ações voltadas para a redução de homicídios da juventude, em áreas de vulnerabilidade social, com aplicação na Polícia Civil, na Polícia Militar, no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) e no Programa Ocupação Social. A responsável por administrar e aplicar esses recursos, de acordo com o projeto e plano de trabalho aprovados, será a Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), até 2021.

De acordo com o secretário estadual de Direitos Humanos, Júlio Pompeu, a negociação com o banco ocorreu a partir de pesquisas sobre a violência no Estado e quais ações podem ser implementadas para mudar essa realidade. Ele destacou que o empréstimo significa um investimento com retorno econômico e social.

“O Banco Interamericano calculou nossa proposta de aplicação de recursos. Para cada dólar investido, U$ 2,5 são economizados tanto de recursos públicos quanto de privado, em decorrência da redução da violência”, afirmou.

Ainda de acordo com o secretário, parte do investimento será destinado ao programa ‘Ocupação Social’, para dar oportunidades aos jovens que estão fora da escola e do mercado de trabalho. “A falta de emprego e renda faz o jovem erradamente acreditar que a saída para ele no futuro é o crime, Crime não é futuro para ninguém. É morte, é tristeza. Reduzir essa atratividade que o narcotráfico tem é fundamental e é para isso que existe a Ocupação Social e é nisso que vamos aplicar esses recursos”, disse.

Segundo o comandante da Polícia Militar, coronel Nilton Rodrigues, o recurso destinado à PM será usado na compra de 102 viaturas, 102 caminhonetes, bases móveis comunitárias e 222 motocicletas. De acordo com o secretário Júlio Pompeu, a expectativa é começar receber parte do valor no próximo mês.

CBN Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here