Especialista dá dicas para não se endividar durante a Black Friday Brasileira

A Semana do Brasil, que começou no dia 6 de setembro, é uma iniciativa do Governo Federal para ‘aquecer’ o comércio brasileiro, promovendo descontos em lojas físicas e virtuais em todo o país. Até o dia 15 de setembro, mais de 3 mil lojas cadastradas de diferentes setores terão ofertas e promoções para todos os bolsos.

Com abrangência nacional, a iniciativa já toma conta dos meios de comunicação e o segredo para aproveitar melhor as ofertas é se programar para essa data, melhorando as chances de fazer bons negócios.

Mas diante de tantas oportunidades é preciso ficar atento para não comprometer as finanças, fugindo das compras por impulso, que, no futuro, poderão trazer dívidas desnecessárias.

O presidente da DSOP Educação Financeira e especialista no tema, Reinaldo Domingos, apresentou 8 orientações para poder aproveitar as oportunidades da “Black Friday Brasileira” sem comprometer o orçamento.

Confira!

1) Não compre se para isso precisar se endividar. Parcelamento também é uma forma de dívida. Se for inevitável, tenha certeza de que cabe no orçamento.

2) Analise se a compra não trará custos extras para a família ou para a pessoa posteriormente.

3) Se antecipe, pesquisando os preços dos produtos que deseja comprar para ver se os descontos que darão realmente são interessantes.

4) Faça uma lista detalhada de tudo que pretende comprar e quem deseja presentear e quanto pretende gastar com cada um.

5) Se estiver em situação financeira problemática, e quiser adiantar as compras de Natal, uma dica é priorizar as crianças. Será mais fácil explicar para os adultos o jovens o motivo de não receberem presentes.

6) Utilize a internet como meio de pesquisa, mas cuidado, só acesse e compre em sites confiáveis, crimes digitais são cada vez mais comuns.

7) Se prepare para ir às compras nas lojas com tempo e roupas confortáveis, além disso é importante uma dose extra de paciência, evitando que se compre rapidamente para acabar com o martírio.

8) Procure, por meio de conversas, saber quais são os reais desejos das pessoas. Muitas vezes se compra coisas caras, sendo que presentes baratos seriam muito mais bem vindos.

Fonte: Folha Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here