Estados Unidos aliviam restrições da Era Trump a Cuba

Durante seu mandato, o ex-presidente Donald Trump aumentou as sanções contra Cuba | Unsplash

Os Estados Unidos anunciaram nesta 2ªfeira (16.mai) a flexibilização das restrições impostas por Trump a Cuba. A medida era uma das promessas de campanha de Joe Biden e expande o número de voos para o país, também facilita o envio de dólares de cubanos nos EUA para familiares em Cuba, entre outros pontos.

As mudanças na política ocorrem após uma revisão que começou logo após uma série de protestos generalizados na ilha em julho passado. Ainda segundo o Departamento de Estado o Programa de Liberdade Condicional para Reunificação Familiar Cubana será reestabelecido. Atualmente, a lista tem mais de 20 mil pedidos de cidadania parados.

“Com essas ações, pretendemos apoiar as aspirações dos cubanos por liberdade e por maiores oportunidades econômicas para que possam ter uma vida bem-sucedida em casa”, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado Ned Price. “Continuamos pedindo ao governo cubano que liberte imediatamente os presos políticos, respeite as liberdades fundamentais do povo cubano e permita que o povo cubano determine seu próprio futuro”.

Durante seu mandato, o ex-presidente Donald Trump aumentou as sanções contra Cuba, incluindo o cancelamento de licenças para enviar remessas e a punição de petroleiros com destino à ilha. Essas medidas e a pandemia contribuíram para uma crise econômica em Cuba, onde as pessoas sofrem com a escassez de produtos básicos, falta de energia e racionamento.

Fonte: SBT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here