“Eu queria tirar ela daqui, ela nunca quis”, diz irmã de idosa morta a tiros na Serra

Os vizinhos afirmaram que Lucília costumava ficar na praça do bairro. A idosa não era casada, e morava sozinha. O único filho que teve foi assassinado.

Após saber que a irmã foi morta seminua em uma construção abandonada no bairro Novo Horizone, na Serra, a aposentada Hilda de Aquino Farias, de 77 anos, esteve no Departamento Médico Legal nesta sexta-feira (17) para liberar o corpo da irmã.

Lucília Batista da Silva, de 73 anos, foi assassinada a tiros no bairro na última terça-feira (14). De acordo com as informações da polícia, o corpo de Lucília tinha marca de tiros na cabeça e braços e ela foi encontrada apenas de blusa e calcinha.

A irmã da vítima se emocionou durante entrevista à equipe de reportagem da TV Vitória. “Não tenho nem ideia do que pode ter acontecido. Ela era muito querida na região e adorava esse lugar. Eu queria tirar ela daqui, ela nunca quis”.

Os vizinhos afirmaram que Lucília costumava ficar na praça do bairro. A idosa não era casada e morava sozinha. O único filho que teve foi assassinado.

O corpo da vítima está em avançado estado de decomposição e por conta disto não será velado, seguirá direto para um cemitério de Carapina, na Serra para ser enterrado.

Investigação

Testemunhas relataram que no dia dos fatos, Lucília foi vista caminhando junto com um rapaz em direção a construção onde seu corpo foi encontrado. No local, um outro homem também foi visto por moradores da região.

A Polícia Civil afirmou em nota que não há novas informações sobre o caso.

Fonte: Folha Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.