Ex-prefeito de Linhares Nozinho Corrêa e dois ex-secretários são condenados pela justiça

Guerino Zanon foi orientado a identificar os responsáveis e reaver para os cofres públicos os encargos

O Tribunal de Contas do Espirito Santo condenou o ex- prefeito de Linhares Nozinho Corrêa, o secretário de Administração e Recursos Humanos, João Pereira do Nascimento e o secretário de Gestão Patrimonial Nivaldo Antônio Marchete ao pagamento de multa por irregularidades contábeis nas contas de 2014.

O prefeito terá que pagar R$ 8 mil de multa, enquanto os dois secretários foram multados em R$ 6 mil cada. Segundo o Ministério Público de Contas, entre as irregularidades, estão a falta de recolhimento de parcelas do INSS, divergência entre registros físicos e contábeis relativos a bens em almoxarifado, divergência entre registros físicos e contábeis relativos a bens patrimoniais móveis e imóveis.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here