Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz são denunciados por três crimes

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou, nesta segunda-feira (28/9), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o ex-assessor Fabrício Queiroz na investigação que apura o esquema de corrupção na Assembleia Legislativa do Rio.

Os dois estão sendo acusados pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Sendo que o filho do presidente é apontado como líder da organização criminosa e Queiroz como o operador do esquema.

De acordo com a investigação, o senador, que na época era deputado estadual, usou, ao menos R$ 2,7 milhões do esquema das rachadinhas.

Queiroz foi preso em junho deste ano na casa do ex-advogado da família Bolsonaro Frederick Wassef, em Atibaia, no interior de São Paulo. Ele foi para prisão domiciliar após um habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte: Correio Braziliense

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here