Homem de 43 anos, que estava internado há um ano, após sofrer um acidente e perder a memória, foi detido na manhã de ontem, segunda-feira (28),

Com a recuperação da memória, a polícia descobriu que ele estava com mandato de prisão por estuprar uma mulher, na Grande Vitória, em 2010.

 

Eliomar Telles estava internado, após ser atropelado em 2017, e foi preso no hospital, na manhã dessa segunda-feira (28). (Foto: Beto Barbosa)

Um paciente, de 43 anos, que estava internado há um ano, após sofrer um acidente e perder a memória foi detido na manhã dessa segunda-feira (28), dentro do Hospital Apóstolo Pedro, em Mimoso do Sul, e levado para a cadeia.

É que a polícia descobriu que ele estava com mandato de prisão por estuprar uma mulher, em Cariacica, na Grande Vitória, em 2010.

Segundo a polícia, Eliomar Telles da Silva foi atropelado em 2017 na BR-101.

Na ocasião, ele foi socorrido com fraturas e levado para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado, onde seu quadro de saúde foi estabilizado. Em seguida, o paciente foi transferido para uma unidade hospitalar de Mimoso do Sul.

O hospital informou para a polícia que o paciente já havia recebido alta. No entanto, como ele apresentava perda de memória, estava sendo mantido internado porque os funcionários não conseguiam contato com seus parentes.

Na semana passada, segundo a instituição de saúde, o paciente conseguiu recuperar parte da memória e se lembrou do seu nome, dos seus pais e irmãos.

Ele repassou os dados para a assistente social, que, na manhã dessa segunda-feira, foi pedir ajuda à Polícia Civil para tentar encontrar os familiares de Eliomar.

Ao verificar no sistema, os policiais descobriram que há um mandado de prisão contra ele.

Eliomar Telles foi conduzido para a 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro e transferido na noite de ontem para a Penitenciária Estadual de Vila Velha II (PEVV II), em Xuri.

Fonte Tribuna Online

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here