Industria das multas no ES: Mais de 800 multas já foram aplicadas nos pontos de concentração dos caminhoneiros no ES

O movimento dos manifestantes está reduzindo gradativamente, mas o número de multas continuam a crescer.

A manifestação dos caminhoneiros segue no décimo dia e, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os profissionais permanecem concentrados em 14 pontos das rodovias federais que cortam o Estado. O movimento dos manifestantes está reduzindo gradativamente, mas o número de multas continuam a crescer. Em Linhares há dois pontos do movimento: próximo a balança, no bairro Canivete, e no distrito de Bebedouro, no interior do município.
Segundo o inspetor da PRF, Willis Lyra, mais de 800 multas já foram aplicadas durante o período da manifestação. Grande parte delas, referentes ao estacionamento irregular de caminhões. “A equipe vai continuar atuante e identificando irregularidades. A autuação ao veículo pode gerar novas multas de até R$ 17 mil”, disse.
Lyra também afirmou que, apesar de o protesto continuar em alguns pontos, as rodovias não estão sendo interditadas pelos manifestantes. “Não há bloqueio nas rodovias. Não podem impedir aqueles que querem rodar”, afirma. O início da paralisação aconteceu no último dia 21 e foi convocada pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), em reivindicação à redução do valor do diesel. Após anúncio de congelamento no valor do combustível, pelo Governo Federal, a expectativa é que o movimento se encerre.
“O objetivo da manifestação já foi alcançado. Aguardamos que a manifestação regrida. Não vemos o movimento com o objetivo de crescer e buscar outras questões fora do que havia pedido, até porque vão ficar atrapalhando o movimento e o direito das pessoas de ir e vir”, declarou o inspetor da PRF.
Décimo dia
A greve dos caminhoneiros chegou ao décimo dia em todo o país. No Espírito Santo, de acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), há 26 pontos de manifestações, mas nenhuma via está bloqueada. Além disso, são 1.228 manifestantes.
Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here