Jornalista que assassinou psiquiatra em 2014, foi condenado a 40 anos na última terça-feira (22)

Julgamento durou mais de 14 horas no Fórum de Sorocaba

C.DR

Julgamento durou mais de 14 horas no Fórum de Sorocaba. Vítima foi baleada na garagem de casa em junho de 2014, no Jardim Santa Rosália.
Após mais de 14 horas de julgamento, o jornalista Eduardo Marcone Madureira foi condenado a 40 anos, nove meses e 18 dias de prisão pela morte do médico psiquiatra Eduardo Guenka, em Sorocaba (SP). O crime aconteceu em junho de 2014 e o acusado foi a júri popular nesta terça-feira (22).

Marcone era ex-paciente do médico, e foi acusado de matá-lo na garagem da casa dele, no Jardim Santa Rosália, além de atirar contra outras duas pessoas que estavam no local.

No dia do crime, dezenas de policiais militares e federais estavam no entorno do estádio municipal Walter Ribeiro, cerca de 500 metros da casa da vítima, onde a seleção do Japão fazia um treino aberto ao público.
Na época do crime, o suspeito foi ouvido pela polícia e preso temporariamente por 30 dias até a conclusão do inquérito, quando seria expedida a prisão preventiva.

A polícia acredita que as causas do crime estejam ligadas a problemas psiquiátricos, já que, segundo a família, Eduardo Marcone sofria de transtornos mentais e foi tratado pelo médico assassinado.

Durante o interrogatório, o suspeito não deu informações sobre as causas ou a forma como o crime foi cometido, mas segundo a polícia, não há dúvida da autoria do crime.

Crime:
Segundo a Polícia Militar, o atirador chegou a pé colocou a arma pela fresta do portão e atirou várias vezes contra cinco pessoas da família, que conversavam na garagem. O psiquiatra aposentado morreu no local. Os tiros também atingiram a nora e o o filho da vítima, que ficaram feridos.

Como o criminoso não entrou na casa, a polícia descartou – no início das investigações – a hipótese de assalto. Após os disparos, o jornalista jogou a arma no jardim de uma casa no fim da rua e fugiu a pé.

Fonte G1 Sorocaba e Jundiaí.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here