Jovem escapa da morte após ser alvejado com tiros pela quarta vez em Barra de São Francisco

 

Uma tentativa de homicídio foi registrada por volta das 21h30min deste sábado, 17 de fevereiro de 2018, no bairro Cruzeiro, em Barra de São Francisco.

De acordo com informações, esta é a quarta vez que tentam contra a vida de Rafael Graciano da Silva, conhecido por “Lambari”.

Os pais da vítima questionam que as autoridades não tomam nenhuma providências, porém o delegado titular da 14ª DPJ, Dr. Juliano Batista, informou que é difícil até para as autoridades tomar providências quanto a situação, pois todas as vezes que tentaram contra a vida de “Lambari”, ele presta depoimentos e diz que não sabe quem é.

“Sabemos que está ocorrendo uma “rixa” com alguns jovens do bairro Cruzeiro e outros do bairro Colina, porém para a justiça “agir” necessário se faz que temos que nos fortalecer com provas e depoimentos. Não diz nomes, mesmo sabendo quem é, e ficam se acirrando cada vez mais trocando tiros entre eles“, explica.

Segundo o delegado, as investigações estão bem adiantadas e a polícia não irá permitir que fatos como estes continuem ocorrendo na cidade.

Rafael Graciano da Silva, o “Lambari” foi socorrido até o Pronto Socorro, foi alvejado por dois disparos de arma de fogo e não corre risco de morte.

Muros pichados

Um muro no bairro da Colina foi pichado. O aviso diz que condutores de motocicletas não usem capacete e que veículos subam no bairro com faróis baixos.

O muro onde está localizado o reservatório de água da Cesan, no bairro Colina, em Barra de São Francisco, amanheceu todo pichado e com vários dizeres.

Policiais do 11º BPM, sob o comando do Tenente Coronel Luciano Suave, bem como a Polícia Civil já estão colhendo informações para descobrir quem foi o autor ou autores das pichações.

Vários moradores até se assustaram quando, ao passar pela rua onde está localizado o muro da Cesan, viram tudo pichado. Muitos ficaram com medo, pois há informações de que, as pichações podem ser um sinal de alerta para quem mora, quem entra e sai do bairro todos os dias.

Um militar que esteve no local colhendo informações disse que as pichações podem ser até um sinal de uma possível facção querendo tomar conta do bairro, mas que o policiamento estará atuando diuturnamente para coibir qualquer ação de possíveis marginais no bairro.

A justiça não permitirá essa agressividade com a população.Todos tem o direito de ir e vir e o mais rápido possível vamos colocar na cadeia esses delinquentes que tem aprontado e querem colocar terror na população. A maioria dos homicídios ocorridos em Barra de São Francisco são referentes às drogas e disputas por pontos de drogas”, destacou

Informo a sociedade francisquense que tomaremos iniciativas quanto à situação o mais rápido possível com um trabalho em conjunto com a Polícia Militar“, diz o delegado.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here