Justiça proíbe operadora de telefonia de enviar SMS para cliente

A 1ª Vara do Juizado Especial Cível de Anchieta determinou que uma empresa de telefonia móvel deixe de enviar qualquer mensagem de propaganda, incentivo, mensagem informativa ou de qualquer natureza para o número de telefone da autora da ação, que teve sua caixa de entrada do aparelho celular lotada de mensagens da ré.

Em sua defesa, a requerida informou que a requerente não comprovou a existência das mensagens que teriam sido enviadas pela empresa, defendendo, ainda, seu direito a fazer propaganda de seus produtos, pedindo, ao fim, pela improcedência do pedido.

Porém, o juiz responsável pelo processo afirma em sua decisão que a comprovação das mensagens e reclamações nos autos são fartas. “É bem verdade que a ré possui o direito de realizar propagandas, porém o direito da ré não pode atingir o direito da autora de não ser importunada e, pior, utilizando a requerida dados da contratação para emitir mensagens para o telefone pessoal da parte”, concluiu o magistrado.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here