Marceneiro baleado durante briga de trânsito corre risco de ficar paraplégico; ‘Faria de novo para salvar meu filho’

O marceneiro Renato Ferreira Nunes, de 43 anos foi atingido por dois tiros durante uma briga de trânsito, no bairro Tabajara, em Cariacica, no dia 21 de maio. Na ocasião, o filho de Renato, de 22 anos, também foi atingido de raspão no braço. Apesar do susto, o marceneiro acredita que está vivo por um milagre, mas lamenta o risco de perder o movimento das pernas.

“Estou dependendo de outras pessoas pra me dar água, me dar comida, me lavar no banheiro”, desabafou. Mesmo assim, Renato não se arrepende de tentar proteger o filho. “Para salvar meu filho eu iria de novo, se fosse preciso”.

Na ocasião do acidente, o filho do marceneiro dirigia um caminhão, quando se envolveu em um acidente com um carro de passeio. Segundo testemunhas, a vítima deu seta antes de virar a esquina, mas mesmo assim, colidiu contra o carro. Os dois motoristas iniciaram uma discussão e o jovem ligou para Renato, que prontamente foi até o local.

Quando Renato chegou no local do acidente, a discussão continuou, até que ele perguntou ao motorista do carro se ele possuía a Carteira Nacional de Habilitação. “Eu perguntei: você tem habilitação? Porque meu filho tem. Ele disse que não tinha, mas que ele estava certo e meu filho estava errado”. Neste momento, o motorista do carro se irritou, pegou uma arma e foi atrás de Renato e do filho.

A enteada do atirador, de 17 anos, que estava dentro do carro no momento do acidente, disse que o homem pegou a arma na bolsa da mãe. De acordo com Renato, a adolescente chegou gritando “Corre, porque ele vai matar todo mundo”. Renato relatou que o homem começou a atirar de longe. Temendo que algum disparo atingisse o filho, o marceneiro foi em direção ao atirador.

Renato foi atingido com um disparo no braço e outro na coluna. “Quando eu senti o tiro na coluna eu caí, aí depois não lembro de mais nada”, relatou. Ele foi encaminhado ao Hospital São Lucas, em Vitória.

FONTE: FOLHA VITORIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here