Mulher acumula milhares de fios de ouro nas mãos após anos de acupuntura há mais de 4 horas Diego Denck

Uma radiografia revelou um caso bizarro na Coreia do Sul: uma mulher ficou com milhares de fiapos de fios de ouro dentro de suas mãos, o que acarretou dores crônicas que ela provavelmente vai carregar para o resto da vida!

Há 40 anos, a mulher, agora com 58, começou a fazer acupuntura para tratar de dores nas articulações. A técnica usada consistia na inserção de pequenos fios de ouro esterilizados. O problema, entretanto, não se resolveu, tendo inclusive piorado! Já com as mãos deformadas, a mulher recentemente procurou um hospital que constatou que os fios de ouro ainda permanecem sob sua pele.

A sul-coreana, que não teve o nome divulgado, sofre de artrite reumatoide, causada pela inflamação de células do sistema imunológico ao redor das articulações. Com isso, um tecido fibroso se forma nessas regiões, dificultando os movimentos e causando desconforto e dores constantes.

radiografia
Todos esses riscos brancos são, na verdade, fiapos de ouro

Normalmente, essa doença é genética, mas também pode ser causada por infecções virais ou bacterianas, caso esses microrganismo causem um desequilíbrio no sistema imunológico. O tratamento ocidental inclui medicações que controlam o avanço da doença, dando uma vida normal ao portador da artrite reumatoide, que ainda não tem cura.

Porém, em países asiáticos a acupuntura é uma técnica milenar usada para uma infinidade de doenças. No caso desta, em específico, não há nenhuma comprovação médica de que ela diminuiu os sintomas. Já a acupuntura com fios de ouro também é bastante popular, sendo que o metal também pode ser ingerido em pequenas quantidades.

A partir de agora, a mulher está tratando a doença com uma combinação de metotrexato e leflunomida, que devem diminuir o inchaço ao redor das articulações e melhorar o problema. Os fios de ouro, entretanto, não deverão ser retirados de suas mãos

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here