Negada pela Justiça a liberdade provisória de acusados de espancar enfermeira

Braz Velos Pianissoli, 24, e Allender Dona Paixão, 29, foram presos e autuados pelo crime de tentativa de homicídio contra a enfermeira Géssika de Sá Soto

A Justiça do Estado negou o pedido de liberdade provisória aos acusados de espancar a enfermeira Géssica de Sá Soto, em uma festa em Nova Venécia, região Noroeste do Estado. A decisão foi pronunciada na segunda-feira (30) pelo juiz Ivo Nascimento Barbosa, da 2ª Vara Criminal do município.

Os acusados são Allender Doná Paixão e Braz Velozo Pianissoli. Os dois foram denunciados pelo Ministério Público por tentativa de homicídio por motivo fútil, emprego de meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

As agressões aconteceram na madrugada de 15 de outubro, em uma festa promovida por um time de futebol do município. Uma das amigas de Géssica estava servindo bebida para as pessoas. Uma outra jovem, que estava no local com o namorado, teria ficado enciumada e discutiu com a amiga de Géssica e ela tentou apartar.

Nesse momento, o denunciado Allender veio por trás da vítima e desferiu um soco no seu rosto. A vítima caiu no chão por causa deste soco, toda ensanguentada e desacordada. Já caída e desacordada, o denunciado Allender desferiu vários chutes no rosto da vítima que foi socorrida pelas pessoas presentes na festa.

Após ter sido socorrida, o denunciado Braz desferiu um soco no rosto da vítima quando a confusão já tinha terminado.

A enfermeira precisou passar por uma cirurgia no maxilar na quarta-feira (25). Na quinta (26) à noite foi liberada e está na casa de familiares, em São Mateus, em repouso absoluto e tomando medicamentos. Ela não poderá comer alimentos sólidos nos próximos quatro meses, pois não pode mastigar.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Espírito Santo, no decorrer das investigações, foi decretada a prisão preventiva dos acusados. Os mandados foram cumpridos no dia 17 de outubro.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here