Número de casos de dengue no ES aumenta 400% em 2019; 33 mil capixabas contraíram a doença

As notificações dos casos de chicungnuya e zika também cresceram e passaram, respectivamente de 509 para 581 casos e de

Do dia 1° de janeiro ao dia 18 de maio deste ano, o Espírito Santo registrou 33.593 casos de dengue. Comparado ao mesmo período no ano passado, quando o número era de apenas 6.636 casos de contração da doença, o aumento foi de 400% até agora.

O chefe da Vigilância Ambiental da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) Roberto Laperriere Jr, explica que o sorotipo 2 da dengue já não circulava nos municípios capixabas há cerca de nove anos e ainda não se sabe o motivo do ressurgimento.

As notificações dos casos de chicungnuya e zika também cresceram e passaram, respectivamente de 509 para 581 casos e de 234 para 526. As três doenças são transmitidas pelo mosquito aedes aegipty e a forma de combatê-los é acabando com seus criadores. 80% dos focos ficam dentro das residências, por falta de cuidados.

Saúde

Roberto Laperriere ainda aponta para o fato de que uma mesma pessoas pode ter dengue até quatro vezes durante a vida, porque este é o número da quantidade de vírus existentes no organismo que levam a doença. Por esta razão, a dengue não deve ser tratada de forma comum, já que fica mais grave e complicada cada vez que é contraída.

A dica para evitar o contágio é o uso diário de repelente e de vaporizadores nos horários em que os mosquitos mais picam, que são no início da manhã e no final da tarde.

Fonte: Folha Vitória

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here