Perícia conclui laudos sobre acidente com morte provocado por delegado do ES

Os laudos emitidos nesta terça-feira são da perícia de local de crime, necropsia e o laudo das imagens registradas por câmeras de segurança

Acidente aconteceu no dia 10 de fevereiro, na cidade mineira

Três dos quatro laudos da perícia da Polícia Civil de Minas Gerais, que apura um acidente ocorrido no dia 10 de fevereiro, envolvendo um delegado do Espírito Santo, foram emitidos nesta terça-feira (27). De acordo com informações do delegado regional de Manhuaçu (MG), Carlos Roberto Souza, os laudos anexados ao inquérito são os da perícia de local de crime, necropsia e o laudo das imagens registradas por câmeras de segurança. Ainda falta o laudo de equipamento de gravação.

O acidente aconteceu na cidade mineira de Manhumirim e comoveu os moradores do município. De acordo com informações de testemunhas, o delegado Adhemar Pereira Fully teria tentado ultrapassar um caminhão e acabou colidindo com um motociclista, que estava no sentido oposto. Fernando José de Oliveira, um comerciante conhecido na cidade, chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

Em depoimento, o delegado afirmou que bebeu duas latas de cerveja antes do acidente. Após ser ouvido, Adhemar foi liberado e vai responder o processo em liberdade.

Segundo a Polícia Civil mineira, mais de 20 testemunhas foram ouvidas até o momento. Ainda de acordo com informações do delegado Carlos Roberto Souza, outras pessoas podem ser indiciadas por terem favorecido Adhemar Fully após o acidente.

O delegado Adhemar Pereira Fully está respondendo em liberdade. Segundo a Polícia Civil do Espírito Santo, o delegado está de licença médica e um procedimento administrativo foi aberto para apurar a conduta do delegado.

Informações Folha Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here