Polícia Civil conclui que pastor George matou os irmãos Joaquim e Kauã

Kauã e Joaquim foram encontrados sem vida, após um incêndio que atingiu o quarto onde dormiam  

C.DR

A Polícia Civil afirma que as investigações apontam para o crime de homicídio, as mortes dos irmãos Kauã e Joaquim. As duas crianças morreram carbonizadas na casa onde moravam.

Assassino, assim podemos classificar o pastor George. Segundo a investigação, há fortes indícios que um dos meninos tenha sido abusado sexualmente.

A polícia conclui que o ex cabeleireiro Georgeval Alves matou os meninos, e que o incêndio foi criminoso.
Homicídio duplamente qualificado, e sem chance de defesa das vitimas, pois eram indefesas e menores de idade.
Art. 121. Matar alguém:
Homicídio qualificado
§ 2° Se o homicídio é cometido:
I – mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe;
II – por motivo futil;
III – com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio insidioso ou cruel, ou de que possa resultar perigo comum;
IV – à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido;
V – para assegurar a execução, a ocultação, a impunidade ou vantagem de outro crime:
Pena – reclusão, de doze a trinta anos.
O fogo nos corpos das crianças pode ter sido para ocultar o homicídio.
A população quer saber se a pastora Juliana Salles, tem alguma participação neste caso?
Reportagem Jornalista Adeilson Francisco MTE 3750 Linhares em Foco.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here