Polícia prende quadrilha suspeita de lavar dinheiro do tráfico no RJ

Polícia prende quatro suspeitos de tráfico de drogas e apreende mais de R$  1 milhão em BH | Minas Gerais | G1A polícia prendeu uma quadrilha que é acusada de lavar dinheiro para a maior organização criminosa do Rio de Janeiro. A ação ocorreu em endereços de luxo, em bairros das zonas sul, norte e oeste da cidade, e contou com cooperação de policiais de Santa Catarina, que estiveram em uma cobertura em Balneário Camboriú (SC), e em uma mansão em Jurerê (SC).

A organização era comandada por Carla Oliveira de Melo, ex-mulher de ex-policial do BOPE. Ela é suspeita de gerenciar o espólio de Leonardo Barbosa da Silva, Léo do Aço, traficante assassinado em 2019. De acordo com a polícia, a quadrilha movimentou cerca de R$ 15 milhões nos últimos anos.

Os bandidos exibiam em suas redes sociais carros e mansões luxuosas, além de viagens para outros países.

Os criminosos faziam a lavagem de dinheiro atráves de empresas de fachada, além de financiar carros, casas e viagens de luxo. De acordo com as investigações, a organização também era responsável pela venda de drogas na comunidade de Antares, localizada em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A Justiça emitiu nove mandados de busca e apreensão contra sete suspeitos e determinou o bloqueio de mais de R$ 7 milhões das contas bancárias dos investigados.

Fonte: SBT
Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here