Queda no preço da gasolina completa um mês no ES e motoristas sentem a diferença

Após um mês das mudanças no valor do ICMS e na alteração dos preços dos combustíveis repassados pela Petrobras às distribuidoras, a redução do valor nas bombas dos postos de combustíveis já é sentida pelos motoristas no Espírito Santo.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP), que acompanha a variação dos preços, detalhou que, nos postos da Grande Vitória, o valor médio da gasolina no início de julho era de R$ 7,27.

A reportagem da TV Vitória percorreu nesta terça-feira (02) postos na região metropolitana. Na capital, um posto vendia o litro da gasolina a R$ 5,65. Em um outro, em Vila Velha, o preço estava ainda menor: R$ 5, 56. Uma queda de 20%.

A queda no preço da gasolina no mês de julho aconteceu em duas etapas. No início do mês, com a redução de 22% para 17% no valor do ICMS, e depois, quando a Petrobras baixou em R$ 0,20 o preço do litro cobrado nas refinarias.

Para a engenheira Priscila Amaral, que viaja de Guarapari para Vitória todos os dias para ir ao trabalho, a mudança foi bem-vinda. Ela notou que no final do mês passado teve uma economia de R$ 300. “Eu gastava quase R$ 800 por mês para abastecer. Agora, com essas reduções, chegou a R$ 500”, comemora.

Foto: Reprodução TV Vitória
Engenheira Priscila Amaral diz economizar R$ 300 mensais no trajeto diário que faz de Guarapari a Vitória

A balconista veio da cidade de Timóteo (MG) passar férias com a família em Vitória. A ideia de viajar até o Espírito Santo de carro foi estimulada com a queda nos preços. “Senti bastante essa diferença. Ainda mais com a gente viajando. Rendeu muito no tanque”, comentou, dizendo que o dinheiro que iria para o posto será gasto em turismo.

Foto: Reprodução TV Vitória
Balconista Aline Goulart, que veio de Timóteo (MG), diz que a economia no preço do combustível vai ajudar a família na viagem de férias

Apesar da queda no preço, nem todo mundo está satisfeito. O motorista de aplicativo Gabriel Monteiro afirma que a situação econômica do país, que enfrenta alta da inflação depois da pandemia e da guerra na Ucrânia, reduziu a clientela.

Foto: Reprodução TV Vitória
O motorista de aplicativo Gabriel Monteiro diz que o poder de compra das pessoas está menor e isso significa menos viagens

“A gasolina abaixou mas não tem serviço para você trabalhar. As corridas diminuíram. As pessoas estão com pouco dinheiro Aí, elas não chamam o serviço por aplicativo”, reclama.

Fonte: Folha Vitória

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here