Reforma administrativa deve ser aprovada na comissão especial por 27 votos

27 dos deputados titulares na comissão especial são a favor da Reforma Administrativa, enquanto 16 são contrários | Agência Câmara de Notícias

A Reforma Administrativa caminha para ser aprovada na comissão especial da Câmara dos Deputados na próxima 5ª feira (16.set). Um levantamento ao qual o SBT News teve acesso aponta que ao menos 41 parlamentares, entre titulares e suplentes, são favoráveis ao tema, enquanto 31 não concordam com a questão.

Segundo análise feita pela Metapolítica Consultoria, dos 43 deputados titulares, 27 afirmaram que votarão a favor do tema, enquanto 16 disseram que são contra a pauta. Ainda falta a apuração de um voto: a de uma vaga do MDB que não foi preenchida. Mas o suplente do cargo, deputado Valtenir (MDB-MT), tende a votar contra a matéria.

Entre os suplentes, a aprovação ao texto é menor: 14 dos deputados são favoráveis, enquanto 15 são contra.

O deputado Israel Batista (PV-DF) é um dos parlamentares que pretende votar contra a proposta. Como presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público, Servir Brasil, o congressista enviou um ofício pedindo mudanças ao relator da proposta, deputado Arthur Maia (DEM-BA).

O documento pede a mudança em cinco pontos do projeto: a limitação dos contratos temporários e das privatizações; demissão de servidores públicos ou o fim de cargos definidos por obsolescência ou falta de necessidade; a retirada da possibilidade de redução da jornada e remuneração e a perda de direitos sem regra de transição para os servidores.

“É o mínimo que a gente espera para tentar corrigir o conteúdo nefasto dessa PEC 32”, defendeu Batista.

Fonte: SBT

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here