Seca está castigando Rio Doce

A estiagem prolongada em Colatina, em função da falta de chuvas, fez com que o Rio Doce chegasse ao nível zero. Situação que já causa preocupação em autoridades e moradores. Com isso, o prefeito Sérgio Meneguelli emitiu um decreto solicitando ao governo do Estado o reconhecimento da situação de emergência. O Rio Doce é o principal rio usado para abastecer o município.

Segundo Meneguelli, o momento é de preocupação, já que as captações de água para abastecer a cidade estão comprometidas.

“Enquanto gestor do município, estou me antecipando para o que pode vir a acontecer. Temos previsão de chuva, mas não sabemos se de fato vai ou não chover. Outra preocupação é que um dos rios que deságua no Rio Doce, o Rio Santa Joana, usado para abastecer Itarana e Itaguaçu, não está mais desaguando aqui como antes”, contou.

Apesar de o Rio Doce estar repleto de bancos de areia, Antônio Demuner, diretor do Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental (Sanear), órgão responsável pela captação, tratamento e distribuição da água do Rio Doce, informou que até o momento não há riscos de haver racionamento no município.

“A nossa captação caiu sim, mas apesar disso estamos conseguindo captar bem, pois trabalhamos com bombas flutuantes, mas vale também ressaltar a importância do uso consciente da água”, garantiu.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here