Sidão quebra silêncio e confirma constrangimento

“Do caos, surgem as oportunidades. Que esse constrangimento generalizado toque cada um de nós…”, escreveu o goleiro

Sidão quebrou o silêncio e se pronunciou na manhã desta segunda-feira (13) pela primeira vez desde que recebeu o prêmio entregue pela TV Globo de melhor jogador da partida no último domingo, quando o Vasco perdeu por 3 a 0 para o Santos.

Em sua rede social, o goleiro confirmou o constrangimento sofrido e afirmou que o respeito é o único pilar para melhorar o futebol.

“Uma trajetória com muita luta, sempre foi assim a minha vida. Do Caos, surgem as oportunidades. Que esse constrangimento generalizado toque cada um de nós (atletas, jornalistas, técnicos, dirigentes, agentes, torcedores), enfim, todos aqueles que buscam e tentam fazer um futebol melhor, tendo como pilar principal o RESPEITO PROFISSIONAL.”

Sidão já tinha admitido falha no primeiro gol do Santos logo depois do jogo, quando recebeu o troféu da repórter Julia Guimarães.

Na madrugada desta segunda-feira, o Vasco soltou uma nota oficial em que repudia a exposição constrangedora passada pelo goleiro.

A TV Globo pediu desculpas para o vascaíno e prometeu que vai mudar o sistema de escolha do “Craque do Jogo”. Depois do ocorrido no último domingo, os comentaristas vão ter peso na escolha do melhor atleta.

Walter Casagrande foi o primeiro funcionário da emissora a se desculpar publicamente pela premiação. O ex-atletas foi seguido por Roger Flores. Os dois ex-jogadores eram os profissionais escalados para comentar a partida.

Entenda a polêmica

O goleiro vascaíno recebeu da TV Globo, detentora de parte dos direitos do Campeonato Brasileiro, o troféu de “Craque do Jogo”. A votação é aberta aos torcedores na internet. Apesar da aula de futebol do time do técnico Jorge Sampaoli, o goleiro do Vasco foi exposto ao ridículo com 89,96% dos votos. Rodrygo (3,99%) e Alexander (1,85%) foram os nomes seguintes na votação.

O constrangimento foi tanto que o ex-jogador Walter Casagrande Júnior, comentarista da TV, utilizou as redes sociais para se desculpar com Sidão. “Sidão é um trabalhador honesto e merece respeito de todos”, escreveu. Roger Flores, também na cabine do Pacaembu, também fez o memo. “E digo mais, o Sidão foi muito educado”. Se não for a ironia, só o lance de efeito justifica o troféu de melhor em campo a Sidão.

“Foi uma falha minha no primeiro gol”, disse Sidão, após a partida, sem graça, mas muito educado apesar de receber realmente um troféu de melhor em campo. “Errei. Nós tomamos o gol e acho que a partir daí se deu esse resultado.” O goleiro, que deixou o São Paulo no ano passado e se transferiu para o Goiás antes de chegar ao Vasco, falhou em pelo menos dois gols. No primeiro deles, uma saída errada com os pés terminou no gol de Diego Pituca. Já na segunda etapa, uma bola de Rodrygo entre a trave e o camisa 44 deu o segundo gol ao Santos.

Antes do terceiro gol, no entanto, Sidão ainda conseguiu mostrar sua habilidade com os pés para dar um incrível chapéu em Jean Mota, em bola atrasada para o campo de defesa.

Fonte: Folha Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here