Três homens são presos após troca de tiros com policiais militares na Serra, ES

Homem foi preso após o confronto — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Três homens foram presos após trocarem tiros com policiais militares na noite desta terça-feira (12), no bairro Central Carapina, na Serra, na Grande Vitória. Dos três detidos, dois foram baleados. Um deles também é apontado pelos militares como o líder do grupo armado.

O barulho intenso dos tiros durante o confronto foi registrado em vídeos feitos por moradores de Central Carapina.

De acordo com o relato dos policiais, as equipes foram até o bairro após receberem a informação de que homens fortemente armados estavam circulando pelas ruas e pretendiam atacar seus rivais na disputa pelo tráfico de drogas da região.

Ao chegarem a um local conhecido como “Canos da Favelinha”, dois dos militares, que estavam a pé, contaram ter se deparado com cerca de 15 homens armados, que estavam a poucos metros de distância, separados somente por um córrego.

O confronto teve início após os criminosos atirarem contra os policiais, que revidaram. Para se ter uma ideia da intensidade do tiroteio, somente os policiais dizem ter efetuado 96 disparos.

O primeiro preso foi um jovem de 21 anos, que se rendeu após ser atingido por um tiro na coxa. Ele, que tinha uma arma, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Carapina e depois foi levado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória.

Um cerco foi montado e parte da equipe foi até o bairro Carapina Grande, região conhecida como uma rota de fuga de criminosos. No local, o segundo homem foi preso. O jovem de 20 anos também portava uma arma e, além disso, usava uma tornozeleira eletrônica. Carregadores de armas usadas no confronto com os policiais foram encontrados.

Mais tarde, as equipes foram informadas de que um terceiro homem havia dado entrada no Hospital Jayme dos Santos Neves após ter sido baleado. O homem de 39 anos é apontado pelos militares como o líder do grupo armado. Segundo eles, o criminoso já havia comandado o tráfico de drogas em Central Carapina e tentava retomar a posição de liderança.

Ele, que estava preso, havia sido beneficiado com a saída temporária de Dia das Crianças, conforme disseram os policiais.

O caso foi registrado na Polícia Civil.

Fonte: G1 ES

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here