Três presos suspeitos de matar o caminhoneiro Loló

 

O corpo de um caminhoneiro que estava desaparecido desde o dia 27 de agosto foi encontrado nesta quinta-feira (5) em uma fazenda de coco no Distrito de Bebedouro, em Linhares, na região Norte do Espírito Santo.

Francélio de Souza Cardial, conhecido como Loló, de 32 anos, foi visto pela última vez em uma lanchonete no Centro da cidade com dois amigos. No dia seguinte ao desaparecimento, o carro dele — um Volkwagen Gol — foi encontrado em uma mata de Bebedouro, mas, apesar das buscas policiais (até mesmo com uso de cão farejador), Francélio permanecia desaparecido. O corpo foi encontrado próximo do local onde estava o automóvel.

De acordo com o delegado André Costa, que investiga o caso, o corpo da vítima foi encontrado por um trabalhador rural, que viu uma cova rasa, percebeu que havia uma pessoa enterrada e chamou a polícia. Apesar do adiantado estado de decomposição, Francélio foi reconhecido por parentes pela aliança de casamento que usava em uma das mãos. A família do caminhoneiro acompanhou o trabalho da perícia e pediu por Justiça.

Costa explicou que o caminhoneiro morreu com um corte no pescoço. Na semana passada, três suspeitos foram presos e levados à 16ª Delegacia Regional de Linhares. Os nomes ainda não foram revelados para não atrapalhar as investigações.

O caminhoneiro morava em Bebedouro, era casado e deixa uma filha.

(Com informação de Ariele Rui, da TV Gazeta Norte)

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here