Vaqueiro é preso suspeito de assassinar homem em Xuri

Foi preso na manhã desta quarta-feira (17), o vaqueiro Manoel Messias Nascimento, de 52 anos, suspeito de assassinar Ariones do Nascimento, no dia 25 de junho de 2018, dentro da casa da vítima, em Xuri, Vila Velha.

Na época, testemunhas viram um táxi parando em frente a casa da vítima, alguns homens desceram do veículo e chamaram Ariones, do lado de fora da residência, de rosto tampado. Um dos irmãos de Ariones, viu o que estava acontecendo e ameaçou chamar a polícia, mas mesmo assim eles arrombaram a casa e assassinaram o homem.

Vaqueiro Manoel Messias Nascimento, suspeito de assassinar Ariones do Nascimento (Foto: Divulgação )

Vaqueiro Manoel Messias Nascimento, suspeito de assassinar Ariones do Nascimento (Foto: Divulgação )

O irmão da vítima perseguiu os suspeitos e chamou a polícia. no caminho, já na BR-101, em Xuri, os integrantes do táxi foram avistados por uma viatura da polícia militar, houve uma troca de tiros, mas ninguém foi preso.

No mesmo dia, o taxista foi ouvido pela polícia, disse que não tinha envolvimento e que estava apenas atendendo a uma corrida e acabou sendo envolvido na situação, ninguém foi preso na época. A polícia investigou e chegou à conclusão de que o vaqueiro Manoel Messias Nascimento era o assassino.

De acordo com a PM, existem duas possibilidades para motivação do crime, uma delas é que Ariones praticava furtos na região rural de Xuri, já que Manoel é dono de um sítio na região. A segunda possível motivação é que a vítima tinha uma dívida de R$ 350 com o autor do crime.

A polícia não conseguiu confirmar as motivações, porque, até o momento, Manoel Messias Nascimento decidiu permanecer em silêncio.

 (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Essa prisão foi feita durante uma operação da Polícia Civil, em conjunto com a Guarda Municipal de Vila Velha para cumprir 10 mandados de busca e apreensão, além desse mandado de prisão contra Manoel.

Durante o cumprimento da ação, a polícia teve a informação de que haveria armas dentro da casa do filho do Manoel, conhecido como Miclei Maciel Nascimento, de 29 anos.

A polícia encontrou quatro armas de fogo e munições de diferentes calibres. As armas eram três espingardas, uma delas é uma de cano duplo, calibre 28 e as outras duas de 36, um revólver de calibre 32 e uma máscara que pode ter sido usada no dia do crime.

Miclei foi preso e vai responder por posse ilegal de armas.

Fonte: Tribuna

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here