Vereadores de vitória querem liberar comércio todos os dias, por 12 horas

No mesmo dia em que o Painel Covid-19 registrou que a cidade de Vitória tem mais de 10,7 mil contaminações pelo novo coronavírus (Covid-19) e 342 mortes, a Câmara de Vereadores votou projeto para retomada do comércio todos os dias por 12 horas.

A flexibilização foi proposta pelo vereador Mazinho dos Anjos (PSD), e inclui lojas, bares e restaurantes.

Mazinho disse que Vitória passou hoje para a classificação de “Risco Moderado”, o que requer atenção, mas permite alguma flexibilização no funcionamento dos estabelecimentos comerciais. “Agora o comércio em Vitória pode funcionar de segunda à sexta, das 10 às 18h, e aos sábados até as 16h. O que queremos é ouvir os comerciantes para saber qual o horário é mais conveniente para eles e formalizar isso num projeto de lei”, disse.

“Esse tipo de iniciativa do projeto é muito importante”, afirmou o presidente do SindBares, Rodrigo Vervolet. Ele relatou os desafios que os empresários vêm enfrentando.

“O setor contava, antes da pandemia, com 18 mil estabelecimentos, de micro e pequenas empresas. Cerca de 4 mil dessas empresas não retornarão e cada dia de restrição, aumenta essa dificuldade de retornar. A intenção do setor é retornar com segurança, e não à força. Somos um setor seguro para funcionamento porque seguimos regras rígidas e além disso, fizemos um protocolo específico para o enfrentamento da crise. Estamos preparados para retomar o funcionamento”, acredita.

O vereador Davi Esmael (PSD) destacou que os comerciantes querem voltar a produzir. “Todos querem produzir renda, não querem viver do auxílio. Minha proposta é que a gente reconheça a seriedade da doença, mas também que garanta a continuidade do trabalho”. Uma das ideias é retomar de forma segura levando em conta os melhores dias de comércio para cada região.

Alexandre Pariz da CDL/Vitória aprovou a inciativa de fazer um projeto de lei para flexibilizar os horários. “O momento de tomar providência é agora, quando a curva começa a cair. O comércio foi muito impactado e mesmo retomando, nada voltou ao normal. Temos que acompanhar essa volta”, disse.

Com a aprovação, o projeto segue para o Executivo e o prefeito Luciano Rezende pode sancionar, contrariando as regras de Decreto estadual, ou devolver à Casa. Por meio do mapa de risco, Vitória, como risco moderado, pode manter o comércio funcionando das 10 às 16 horas, de segunda a sexta-feira – restaurantes podem abrir aos sábados.

Fonte: ES Hoje

 

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here