Video: Polícia prende três suspeitos de participarem de assalto em loja

Video: Polícia prende três suspeitos de participarem de assalto em loja

Criminosos estavam armados com uma submetralhadora e uma pistola. Foram levados celulares, tablets e notebooks do estabelecimento.

Três suspeitos de assaltarem uma loja na Vila Rubim, da região do Centro de Vitória, em Vitória, na última quarta-feira (3), foram presos pela Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP).

Os criminosos se passaram por clientes para entrar no local e anunciar o assalto usando uma submetralhadora de fabricação caseira. Um vídeo registrou o crime. Cerca de 100 celulares, além de 20 tablets e oito notebooks foram roubados pelos criminosos.

Os trabalhadores contaram para Polícia Militar que pelo menos quatro pessoas participaram do crime. Enquanto dois deles entraram na loja, outros dois ficaram do lado de fora dando cobertura aos comparsas.

O delegado da Delegacia de Segurança Patrimonial (DSP), Gianno Trindade, informou que a investigação chegou até o primeiro suspeito, um homem de 31 anos, após denúncia. Ele foi preso no bairro Rio Marinho, em Vila Velha, e confessou o crime. Com ele, foram encontrados aparelhos celulares roubados.

Após a prisão, o homem informou sobre um segundo suspeito, um jovem de 18 anos do Bairro Boa Sorte, em Cariacica. Encontrado pela polícia, ele também confirmou envolvimento no crime. Na casa do jovem e da mãe dele, no bairro Santa Inês, em Vila Velha, foram encontrados mais aparelhos roubados.

A última presa foi uma mulher moradora do Centro de Vitória. O alvo da prisão era o irmão dela, de 21 anos, apontado pelos outros presos de ser o homem que aparece no vídeo segurando a arma e fazendo os trabalhadores reféns.

No apartamento dele, a polícia encontrou mais aparelhos roubados, as roupas e as armas usadas no crime. De acordo com o delegado, apesar de serem de fabricação caseira, a metralhadora e as duas pistolas tinham grande poder de fogo. A irmã do jovem foi autuada pela posse das armas.

Os suspeitos foram encaminhados para o Centro de Triagem de Viana (CTV). O jovem de 21 anos que não foi encontrado no apartamento continua procurado pela polícia.

Crime

O gerente da loja relatou que o estabelecimento já estava sendo fechado quando os dois assaltantes chegaram e simularam uma compra no valor de R$ 130. Assim que as portas fecharam, eles anunciaram o assalto.

Sete funcionários foram rendidos e obrigados a deitar no chão da loja.

Um dos criminosos estava armado com uma submetralhadora, enquanto o outro segurava uma pistola. Após roubarem os eletrônicos, eles fugiram.

A loja está localizada na rua que fica atrás do Destacamento de Polícia Militar da Vila Rubim.

Fonte: G1 ES

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here