Vídeo: sargento ameaça síndica após se negar a catar cocô de cachorro

Um sargento licenciado do Exército Brasileiro ameaçou, com uma arma de fogo, a síndica de um condomínio no Lago Norte.

Câmeras de segurança flagraram o momento em que Fernando Alcântara de Figueiredo parece discutir com a mulher e, em determinado momento, leva a mão até a cintura, onde guarda um revólver.

O episódio ocorreu na segunda-feira (27/05/2019).

Figuereido tornou-se nacionalmente conhecido há 10 anos, quando assumiu manter uma relação homoafetiva com outro outro sargento da Força, Laci Marinho de Araújo, expulso da corporação.

O bate-boca teria sido iniciado em função de discordâncias na administração do edifício.

De acordo com moradores, o sargento licenciado chegou a encostar o cano da arma no peito da mulher e tomou-lhe seu telefone celular.

Assista:

A irritação de Figueiredo foi motivada após ele receber uma notificação por não catar o cocô do seu cachorro. Ele desceu do apartamento para tirar satisfação com o porteiro. Ao ouvir a discussão, a síndica interviu em favor do funcionário e acabou ameaçada.

Por temer pela vida, a síndica decidiu passar um período fora da cidade. Até a publicação deste texto, a reportagem não havia conseguido localizar Fernando Alcântara.

Celular levado

Acionada, uma guarnição da Polícia Militar do DF foi ao local. Aos PMs, o porteiro do condomínio confirmou as agressões. Um delegado e dois agentes da 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte) também foram ao prédio e apreenderam a arma de Figueireido, que estava carregada com seis munições. O telefone da síndica só foi recuperado após os agentes da PCDF entrarem no apartamento de Figueiredo.

 

Fonte: FOLHA DO ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here