23 cidades do ES em alerta contra dengue, zika e chikungunya

Dados do Ministério da Saúde mostram que municípios possuem até 3,9% de infestação

Mosquito Aedes aegypti: levantamento mostrou a infestação nos imóveis
Mosquito Aedes aegypti: levantamento mostrou a infestação nos imóveis / Foto: Arquivo

Dentre os 357 municípios brasileiros em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya, 23 municípios capixabas estão em alerta e um em risco. Os números são do novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa). No total, 3.946 cidades de todo o país fizeram o levantamento.

Os 23 municípios que entraram na catergoria “em alerta”, apresentam um índice de infestação de mosquitos nos imóveis entre 1% a 3,9%. Apenas um município, Laranja da Terra, atingiu o nível “de risco’, com valores superiores à 4% de dos imóveis infestados.

O LEVANTAMENTO 

Realizado de outubro até a 1ª quinzena de novembro, o LIRAa teve adesão recorde de municípios para este período do ano, com 3.946 cidades participantes, um aumento de 73% se comparado com o mesmo período do ano passado, quando 2.282 municípios fizeram o levantamento. Essa ampliação foi possível porque neste ano o Ministério da Saúde publicou a resolução nº 12 que tornou obrigatória a realização de levantamentos de infestação pelo mosquito Aedes aegypti.

O Mapa da Dengue, como é chamado, é um instrumento fundamental para o controle do mosquito Aedes aegypti. Com base nas informações coletadas no LIRAa, o gestor pode identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de depósito onde as larvas foram encontradas. O objetivo é que, com a realização do levantamento, os municípios tenham melhores condições de fazer o planejamento das ações de combate e controle do mosquito Aedes aegypti.

NO ESTADO

Apesar dos números apresentados pelo ministério da saúde, a gerente de vigilância em saúde da Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo, Gilsa Rodrigues, não há motivo para pânico entre os capixabas. Isso porque o estado realiza uma pesquisa semanal e minuciosa, monitorando a presença de mosquitos adultos em todos os municípios capixabas.

A pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde só considera as larvas, enquanto os levantamentos da Sesa consideram só as fêmeas adultas. “Temos armadilhas nos 78 municípios. Registramos pouquíssimas fêmeas transmissoras. A infestação está muito baixa, o número é de menos de 0.5% em todo o Estado”, afirmou a gerente de vigilância em saúde da Sesa.

SAIBA MAIS

Números no país

No total, 3.946 cidades de todo o país fizeram o levantamento. São 357 municípios brasileiros em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya.

Números no ES

Participantes: 63 municípios de 78 em todo o Estado.

Municípios satisfatórios: 39 cidades

Municípios em alerta: 23 cidades

Município em risco: Apenas um

Em risco

Laranja da Terra

Em alerta

– Aracruz

– Barra de São Francisco

– Colatina

– Conceição do Castelo

– Ibiraçu

– Iconha

– Itaguaçu

– Jaguaré

– João Neiva

– Linhares

– Montanha

– Pedro Canário

– Pinheiros

– Rio Novo do Sul

– Santa Teresa

– Serra

– Sooretama

– Venda Nova do Imigrante

– Viana

– Vila Pavão

– Vila Velha

– Vitória

– Ibitirama

Fonte: Gazeta Online

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here